.hora do almoço

Hoje uma pessoa virou pra mim e perguntou (com uma evidente cara de nojinho): Você leva marmita pro trabalho?

Levo ué.

O mais legal e ver como rola joguinho de superioridade até no quesito alimentar. Mas como somos humanos orgulhosos e justificáveis por natureza, expliquei: Olha querida pessoa, esse macarrão eu preparei com berinjela, vinho, ervas finas, etc, etc, etc. Ou você também poderia dizer que sua alimentação é balanceada e tem a supervisão de um nutricionista global. Mas de que adianta? No final, você leva marmita e, automaticamente, pertence à classe proletária. Aceite. Seja com marmita de feijão ou de pato ao molho de laranja.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: